TV e boca-a-boca levam internautas para mecanismos de busca, diz estudo

Pesquisa mostra que 67% dos internautas que usam sites de pesquisas chegam ao mundo online por meio de outros canais além da internet.
A TV e o boca-a-boca são duas das principais ferramentas para gerar interesse nos internautas por algum produto. E esse interesse pode se transformar em buscas sobre a empresa ou produto, de acordo com dados da iProspect, agência especializada em marketing dentro de mecanismos de busca.

 

O estudo conduzido pela companhia aponta que 67% dos internautas que usam buscadores online chegam até eles por meio de outros canais além da internet. Entre esses canais, indica a pesquisa, os mais populares são a TV e o boca-a -boca, responsáveis por levar, respectivamente, 37% e 36% dos usuários aos mecanismos.

 

A pesquisa foi apresentada nesta terça-feira (4/8) pela diretora global de buscas da rede internacional de agências digitais Isobar, Erica Schmidt, durante o Search Marketing Expo 2009, em São Paulo. O evento conta ainda com palestras sobre links patrocinados, comparadores de preços, Search Engine Optimization (SEO), futuro do marketing de busca e mídias sociais.

 

A iProspect possui clientes como a Xerox e Panasonic, e é parceira do Google, Yahoo, MSN e WebTrends, entre outras empresas.

 

Um dos casos de destaque apresentados por Erica foi o da empresa Nexus, voltada a produtos de beleza. Com o uso de vídeos educacionais, a companhia aumentou o tráfego do site em 57% no período de três meses. Para fazer com que esses vídeos fossem mais assistidos, a Nexus investiu em palavras-chave em mecanismos de busca e links patrocinados.

 

Já Danny Sullivan, fundador do Search Marketing Expo, falou principalmente sobre o Twitter e a possibilidade apresentada pelas buscas em tempo real. De acordo com Sullivan, os anúncios pagos são uma grande oportunidade para a área publicitária.

 

Por Lygia de Luca, do IDG Now!
http://idgnow.uol.com.br/